segunda-feira, 31 de maio de 2010

As areias brancas

É muito bom voltar à cidade onde você passou anos da sua vida depois de ficar bons tempos fora. Você sempre vê que nada de mais aconteceu, o Rio Formiga ainda passa (embora esteja cada vez menor), o Cristo ainda está no lugar e a Praça da Matriz continua a mesma, exceto por este fim de semana, quando o Festival da Linguiça tomou o nosso habitat natural pela quinta vez.
Parece que a cada ano o festival fica melhor. E o mais legal de tudo é que agora, a Prefeitura usurpa o nosso "muro das lamentações", mas nos fornece um espaço para nos reunirmos da mesma maneira que fazemos todas as noites e, o que é melhor, ainda fornece um equipamento de som para nós mostrarmos nosso talento musical. O Espaço Jovem, coordenado pelos membros da Ordem DeMolay ("), Filhas de Jó (.:.), Interact (IC), (RCT) e EJC (Encontro de Jovens com Cristo) ownou com a programação cultural escassa alternativa do lugar. Tinha som para agradar a todos, desde os otakus (com a minha banda \o/) ao pessoal "normal" que adora MPB do EJC.
Pude conhecer um monte de gente que nunca tinha visto, como as .:. (até então eu só conhecia a Lorena e a @gabicarantes), o Banana, rapaz muito gente boa e "very cool", e as mulheres bonitas do EJC, os novos integrantes (cada vez mais surgidos "do nada") do IC e os futuros (espero) novos integrantes do RCT. Também pude (finalmente) aprender o nome do rapaz que tanto me chamou a atenção no primeiro Anime Day (cujo o qual eu nem vi na segunda, embora saiba que ele estava lá com toda a certeza). Foi muito massa! E pensar que na primeira edição do festival a gente se reunia sentados naqueles bancos importados da Alemanha (que têm uma engenharia muito nada a ver [sempre quis falar isso]) xingando pelo fato de haver um monte de vovôs comendo variados pratos de linguiça ao som de uma seresta mais anos 70 no lugar onde a gente se divertia ao som de rock'n'roll...
E por falar em rock, o show da Tríade foi "triafudê" (^^). Inclusive, a camisa ficou muito boa mesmo (devo adquirir a minha nesse fim de semana). Que bom que o Thiago Maia animou voltar a tocar, espero que ele continue. Adorei as músicas novas e a nova roupagem, mas a melhor música na minha opinião foi o cover de "Use somebody" do Kings of Leon. Somente quem sabe as condições sob o qual o show foi realizado, pode dizer o quanto foi emocionante.
Por fim, agradeço muito à Patrícia por ter transportado nossos instrumentos para o show. Percebi que ela não estava muito animada para sair de casa (tanto que nem o fez nesse fim de semana). Não descobri o motivo de tal desânimo (mesmo depois de conversarmos cerca de duas horas no carro [do pai] dela), mas agradeço pela disposição de nos auxiliar nessa tarefa. Ainda me pego pensando até hoje, se as coisas tivessem acontecido de outra forma, como será que estaríamos hoje? Aquela virada foi um fato realmente marcante. Será que eu deveria ter esperado mais do que aqueles 15 minutos? Talvez eu ainda esteja esperando até hoje...

3 comentários:

Wálisson disse...

Festival Ownou, pena que não pude ver o show da Tríade... mas valew a pena.

Lincoln disse...

Obrigado pelo apoio e presença lá, grande Tchô

Pepino Calhorda" disse...

aff...queria muito ter ido. Merda de faculdade! (Téia aki)